O que é o capacitor e pra que serve?

Capacitor é vital em circuitos eletrônicos Componente que armazena carga elétrica é encontrado nos mais diferentes equipamentos utilizados

Capacitor é vital em circuitos eletrônicos

Componente que armazena carga elétrica é encontrado nos mais diferentes equipamentos utilizados no dia a dia . O que é o capacitor e pra que serve?

A descoberta da eletricidade revolucionou a história da humanidade, porém uma das maiores preocupações foi saber como armazená-la. Aí entrou em cena o capacitor, um dos componentes eletrônicos, capaz de armazenar carga elétrica e consequentemente energia eletrostática ou elétrica. O que é o capacitor e pra que serve?

O que é o capacitor e pra que serve?
Foto: DINO

De vital importância para o funcionamento dos circuitos eletrônicos, o capacitor é encontrado em grande quantidade, diferentes formatos e tamanhos nos mais variados equipamentos do nosso dia a dia. Entre eles, motores de robôs, máquinas industriais, eletrodomésticos e computadores.

Veja também – Chuveiro com cheiro de queimado.

O capacitor é usado em muitas funções importantes nos circuitos eletrônicos, como, por exemplo, na determinação da frequência de operação, em circuitos de filtros, em circuitos de tempo, na filtragem de correntes e de sinais. Em uma máquina fotográfica, por exemplo, ele é utilizado para armazenar cargas do flash.


O capacitor tem como sua principal característica o acúmulo de cargas elétricas em duas placas (armaduras), normalmente de alumínio, que ficam muito próximas e são separadas por um material dielétrico (isolante), que pode ser cerâmica, porcelana, poliéster, teflon, celulose, etc.Já fez seu planejamento financeiro para 2020?Se você precisa de ajuda para a colocar seus planos para 2020 em prática e deixar as dívidas no passado, o Terra Empresas tem 5 dicas preciosas para você! Saiba mais 

Funcionamento

Como são cargas opostas, elas se atraem. Devido a essa atração, é criado um campo elétrico entre as placas por meio do material dielétrico. A energia que o capacitor armazena advém desse campo elétrico.

O capacitor pode acumular uma razoável quantidade de cargas quando está ligado a uma tensão.

Quando essa tensão é desligada, o capacitor é capaz de continuar fornecendo esta mesma tensão durante um pequeno período de tempo, funcionando, portanto, como uma espécie de bateria de curta duração.

A diferença entre o capacitor e a bateria é que o capacitor armazena a energia, enquanto a bateria produz energia por meio de processos químicos e a armazena.

O capacitor é muito mais rápido no processo de descarga da energia acumulada em comparação com baterias, além de ser aplicado em ocasiões em que as baterias não têm aplicação, como dividir frequências e suavizar sinais elétricos.

Entre as propriedades mais importantes do capacitor, está a capacitância, que é a quantidade de carga elétrica que ele é capaz de armazenar.

A unidade de capacitância é o Farad (F), mas essa é uma medida muito grande e, para fins práticos, são utilizados valores expressos em microfarads (μF), nanofarads (nF) e picofarads (pF).

Outras propriedades importantes do capacitor são a máxima tensão de trabalho e a quantidade de energia perdida no dielétrico.]

Tipos


Dependendo de sua função, o capacitor pode ser tão pequeno quanto um grão de ervilha ou tão grande quanto uma garrafa de refrigerante de 2 litros. De acordo com o circuito ao qual é empregado, seu formato pode ser cilíndrico ou plano. O tipo de aplicação depende ainda do material usado como dielétrico.

Entre os principais modelos encontrados no mercado, estão os capacitor eletrolítico, que usam folhas de alumínio como armaduras e como dielétrico, uma camada de óxido que se forma sobre as folhas por um processo eletrolítico.

Como esta camada de óxido é muito fina, é possível se obter grandes capacitâncias em pequenos espaços. Assim, o capacitor eletrolítico se caracteriza por sua capacitância elevada e é encontrado em valores de 0,5 a 100 000 µF ou mais. É indicado para circuitos de corrente contínua e baixas frequências. O que é o capacitor e pra que serve?

Já o capacitor cerâmico encontra aplicações em circuitos que vão de corrente contínua a altas frequências. O mais comum é o disco cerâmico que pode ser encontrado com capacitâncias de 1 pF a 470 nF.

Por sua vez, o capacitor de poliéster não é recomendado para aplicações em frequências muito altas e pode ser encontrado numa faixa de valores de 1000 pF a mais de 10 µF. O que é o capacitor e pra que serve?

fonte: www.baudaeletronica.com.br/

Pin It

Leave a Comment