Como testar o sensor de temperatura do ar-condicionado?

Os sensores de temperatura/ambiente são elementos fundamentais para o correto funcionamento do ar-condicionado. E isso se aplica a

sensor de temperatura

Os sensores de temperatura/ambiente são elementos fundamentais para o correto funcionamento do ar-condicionado. E isso se aplica a qualquer equipamento que necessite regular a temperatura, como a geladeira, por exemplo. Mas neste post vamos nos referir apenas aos sensores dos aparelhos de ar condicionado. sensor de temperatura.

Por que testar o sensor de temperatura

Os sensores de temperatura de ar-condicionado residencial são componentes extremamente baratos, por isso os profissionais do setor referem que não vale a pena o conserto. Além do preço, a troca é realizada rapidamente, em no máximo 20 minutos. Por esses motivos, os testes são feitos apenas para constatação.

Ou seja, é preciso testar só para saber se qualquer problema que esteja ocorrendo, não é apenas um mal funcionamento do sensor. Por ser barato e fácil de trocar, deve ser a primeira coisa averiguada. Primeiro, porque é o que dita o funcionamento do ar-condicionado de forma apropriada. Segundo, porque qualquer outro conserto custaria mais caro, e ninguém aqui quer jogar dinheiro fora em reparos desnecessários, não é?

Veja Também – Como Saber Qual é o Capacitor Certo para o Ar Condicionado?

Problemas que podem ser causados pelo mal funcionamento do sensor de temperatura e códigos de erro

Um problema muito comum causado pelo mau funcionamento do sensor de temperatura é a condensadora desligando antes de atingir a temperatura desejada ou a condensadora desligando e ligando rápido demais. Geralmente esse problema é apresentado por um código de erro. Abaixo separamos por marca, os códigos relacionados ao sensor de temperatura do ar-condicionado.

Códigos de erro:

  • Agratto – E2;
  • Comfee – E5, E6;
  • Consul – 1, 15;
  • Electrolux – F1, F2;
  • Daikin – 4, 6, J;
  • Elgin – E2, E3;
  • Fujitsu – E02, E03, E04, E05, E06, E07;
  • Gree – F5;
  • Komeco – E1;
  • LG – CH40;
  • Midea – E5, E6;
  • Panasonic – H14, H15;
  • Rheem – E2;
  • Rinetto – F1, F2, F3;
  • Samsung – E121, E122;
  • Tivah – F7;
  • Trane – F1, F2;
  • Ventisol – E1, E2;
  • Vulcano – F0, F3;
  • Código de erro York – F0, F1, F2, F3, F4, F5.

Passo a passo para testar o sensor utilizando o ohmímetro ou multímetro

  • Desligue a chave de alimentação elétrica do condicionador de ar;
  • Desconecte o sensor de temperatura da placa eletrônica;
  • Coloque o ohmímetro na escala adequada, (se o aparelho dor inverter, colocar em 20k),
  • Com as pontas de prova encoste nos polos do sensor de temperatura;
  • Anote o valor obtido no sensor do aparelho e a temperatura atmosférica;
  • O valor obtido tem que estar de acordo com o especificado na tabela do fabricante.

De acordo com a fabricante Komeco, para verificar se o sensor de temperatura se encontra danificado é necessário a realização da medição da resistência ôhmica, com ele desconectado da placa eletrônica principal. Recomenda-se introduzir o sensor de temperatura em um recipiente com água, juntamente com um sensor de temperatura e comparar o valor de resistência ôhmica com a redução da temperatura. Se a resistência ôhmica do sensor de temperatura apresentar valores diferentes da tabela, o mesmo deverá ser substituído”.

Veja Também – Como funciona um relé de Partida?

Tipos de sensores de temperatura

Existem dois tipos básicos de termistores ou sensores de temperatura: o termistor PTC (Positive Temperature Coeficient) e o termistor NTC (Negative Temperature Coeficient).

O termistor PTC aumenta sensivelmente a sua resistência elétrica com o aumento da temperatura. E o termistor NTC diminui sensivelmente a sua resistência elétrica com o aumento da temperatura.

Definição técnica dos sensores de temperatura

O sensor de temperatura, conhecido como termistor, é um dispositivo elétrico que tem a sua resistência elétrica alterada termicamente, que apresenta um valor de resistência elétrica para cada temperatura absoluta.

Um termistor pode ser definido como um componente que sofre variação em uma grandeza elétrica de acordo com uma grandeza física, desde que haja uma relação conhecida entre a variação elétrica e a grandeza física.

Grandezas elétricas: resistência elétrica, corrente elétrica e tensão elétrica.

Grandezas físicas: som, luz, temperatura, movimento e vibração.

Fonte: https://www.webarcondicionado.com.br/

Leave a Comment