SUPORTE PARA AR-CONDICIONADO: COMO ACERTAR NA ESCOLHA?

9 minutos para ler – suporte de ar condicionado Ao pensar na instalação de um aparelho que vai deixar o

suporte de ar condicionado

9 minutos para ler – suporte de ar condicionado

Ao pensar na instalação de um aparelho que vai deixar o ambiente climatizado, a maioria das pessoas dá pouca atenção a uma peça muito importante: o suporte de ar-condicionado. Por ser a base de sustentação do equipamento, é fundamental escolher bem esse item para manter a segurança.

Além de garantir que o aparelho vá ficar em segurança, evitando quedas que possam atingir pessoas, o suporte para ar-condicionado auxilia na vida útil do item. Fatores como tamanho, modelo, ambiente de instalação e clima a que estará exposto, por exemplo, influenciam na decisão de qual será o suporte para ar-condicionado ideal.

Neste artigo, vamos mostrar alguns materiais de que são feitos os suportes, além das vantagens e desvantagens dos diferentes tipos. Com as dicas a seguir, você vai conseguir fazer a escolha certa para usufruir com tranquilidade do seu aparelho de ar-condicionado. Confira!

O aparelho de ar-condicionado

A primeira coisa que influenciará na escolha do suporte para ar-condicionado é, sem dúvidas, o aparelho em si. Além de diversos modelos, são disponibilizadas opções de tamanho e potência — e, para cada um, há a melhor peça. Existem aparelhos que precisam de um suporte para condensadora e outros para a evaporadora, por exemplo.

Além disso, os suportes para ar-condicionado são classificados pela potência em BTUs do aparelho. A compra deve levar em conta a qualidade e a resistência do suporte, sem contar com sua capacidade de resistir às condições climáticas.

Veja alguns fatores que devem ser considerados!

Modelo

O modelo Split e suas variações necessitam de dois itens: um para a evaporadora e outro para a condensadora. Já o modelo janela pode ter suporte do tipo grade ou garfo, enquanto o aparelho cassete é fixado por presilhas e parafusos. O portátil, como o nome já sugere, não utiliza suporte algum, podendo ser levado para outros locais com facilidade.

Potência

Os suportes para ar-condicionado são classificados pela potência em BTUs, para servirem de acordo com o equipamento. Da mesma maneira que acontece com os aparelhos, o suporte virá com uma especificação da faixa de BTUs. Ela varia entre 7.000 e 24.000 BTUs ou 18.000 a 30.000.

O suporte certo para cada ar-condicionado

Para sustentar a unidade condensadora de ar externa, é necessária a instalação de um suporte que leve em consideração as especificidades de cada aparelho. Trata-se de onde o ar-condicionado ficará apoiado, auxiliando a deixar o equipamento em segurança e no lugar certo.

O item pode ser encontrado em diversos modelos, materiais e preços, que variam de acordo com o tipo do utensílio a ser instalado. A qualidade do suporte é fundamental para a sustentação do ar-condicionado e evitará acidentes como quebras e queda do objeto.

A importância de escolher o modelo ideal

Para garantir que o aparelho de ar-condicionado fique fixo e mais resistente pelo maior tempo possível, é preciso escolher o suporte certo. Entre os modelos existentes no mercado, não é incomum encontrarmos consumidores que compram os suportes de seus aparelhos pensando apenas no preço do produto, o que representa um grave erro.

Abaixo, conheça alguns dos modelos de suporte mais utilizados e para quais situações são indicados.

Janela

Esse tipo de suporte é recomendado para o ar-condicionado que tem de 7.000 a 24.000 BTUs e é fabricado em ferro (e, por isso, tem grande resistência). Trata-se de uma opção que protege todo o aparelho e pode adicionada antes ou depois que a construção estiver pronta.

Split Hi-Wall

O modelo é muito usado nos aparelhos Split e são dois suportes: um para a evaporadora (interno) e outro da condensadora (externo). Para esse item, existem inúmeras opções de tamanhos e materiais.

Os materiais do suporte de ar-condicionado

Os suportes para ar-condicionado são feitos de materiais diversos, portanto descobrir o ideal para você é também algo importante. Cada material tem seu tempo de vida útil — alguns duram mais tempo enquanto outros precisam ser trocados periodicamente.

Essa escolha vai depender de uma série de fatores que vão influenciar, como: durabilidade, ambiente de instalação e clima.

Plástico

Os suportes de plástico são, geralmente, os mais baratos entre os modelos oferecidos no mercado. Porém, sua vida útil não é longa e não se trata do modelo mais seguro. Assim, a troca do suporte para ar-condicionado é indicada a cada dois anos (no máximo), podendo ser necessária até mesmo antes.

Esses modelos de suporte feitos em plástico ressecam quando expostos à luz solar e às altas temperaturas, mas se mostram imunes à corrosão. Por essas características, são mais indicados para ambientes úmidos e pouco iluminados — ou, pelo menos, não diretamente.

Fibra de vidro – suporte de ar condicionado

Trata-se de opções bem semelhantes aos suportes de plástico, porém com uma vida útil um pouco maior. Elas podem chegar a durar cinco anos — se conservadas corretamente, é claro.

Além disso, o modelo é mais resistente à exposição solar. Ele costuma ser mais caro do que os suportes de plástico, mas ainda apresenta um bom custo-benefício. Essa pode ser uma alternativa válida, mas o local onde vai ficar deve ser levado em conta.

Alumínio

Os suportes feitos em alumínio são leves e resistem bem às corrosões. Se bem cuidados, podem chegar a durar mais de cinco anos. Por isso, o preço é considerado intermediário. Dependendo da situação, essa escolha pode valer a pena!

O material tem alta resistência à oxidação e é recomendado para locais com exposição ao sol e à maresia. O ponto negativo é que o alumínio é leve e tem grande maleabilidade, podendo ficar amassado se houver quedas e batidas fortes.

Aço carbono

Os suportes para ar-condicionado feitos com aço carbono são os mais baratos (depois dos de plástico). No entanto, eles têm vida útil semelhante e, por isso, não é indicado que você passe mais de dois anos sem trocá-los.

Apesar de mais resistentes do que os modelos de plástico, a sensibilidade à corrosão é muito grande. Assim, não podem ser usados em regiões litorâneas ou de grande umidade, por exemplo.

Veja Também – Ar-condicionado Multi Split : Quais as vantagens?

Aço galvanizado

A galvanização, também conhecida como zincagem, é um processo pelo qual o aço passa. O material recebe uma camada protetora de zinco, que o protege da corrosão. Essa opção é mais resistente e o preço, intermediário. A vida útil desse modelo de suporte é mediana, sendo que ele deve ser trocado com uma frequência de cerca de cinco anos.

Aço inox

Os suportes de aço inox são os mais caros entre os modelos disponíveis no mercado, porém os mais resistentes e duradouros. Eles são compostos de ferro e crómio e têm uma vida útil maior do que aqueles feitos em aço comum.

Esses modelos de suporte são imunes à exposição aos raios solares e à corrosão, sendo indicados para qualquer região ou ambiente. O aço inox resiste inclusive à variação de temperatura.

Por esses motivos, trata-se de suportes muito indicados para cidades litorâneas, pois os produtos feitos com tal tipo de material são bastante resistentes à maresia. Além disso, os modelos podem chegar a durar por mais de dez anos. Portanto, apesar do preço inicialmente mais salgado, o investimento é extremamente certeiro!

A segurança do suporte de ar condicionado

A escolha do suporte deve passar pela verificação da procedência do produto. Procure por marcas conhecidas e fornecedores idôneos. Materiais que não são adequados ao ambiente podem oxidar, deixando o equipamento cair. Além do prejuízo financeiro, vidas podem ser colocadas em risco.

Os suportes feitos em plástico requerem muita ponderação na hora da escolha. Como falamos, eles não são indicados para ambientes externos e, se ficarem expostos ao sol, danificam, ressecam e podem quebrar. Além disso, em caso de incêndio, esse tipo de material derrete rapidamente, podendo colaborar para o alastramento do fogo no ambiente.

Os suportes de plástico de má procedência ainda têm outra desvantagem: as unidades condensadoras fixadas nesses modelos podem ficar instáveis e se inclinar para frente. Isso vai interferir no funcionamento do aparelho.

As formas de escolher o melhor suporte para ar-condicionado – suporte de ar condicionado

O melhor suporte deve atender primeiramente às suas necessidades. Além de pensar no aparelho de ar-condicionado, é indispensável considerar uma série de fatores antes de concretizar a compra. Não deixe de observar aspectos como:

  • a qualidade e o material de que o suporte é feito;
  • a procedência do fabricante no mercado;
  • as variações climáticas que o produto pode aguentar;
  • a qualidade do suporte (não o preço).

Se tiver dúvidas de qual modelo de suporte é mais apropriado para o seu aparelho, saiba que buscar a ajuda de um profissional é primordial antes de tomar uma decisão.

Os lugares ideais para comprar esse tipo de peça

Buscar por suportes para o seu ar-condicionado não é tão difícil como pode parecer. As peças são facilmente encontradas nas lojas especializadas em refrigeração, de materiais de construção e departamentos ou e-commerces e marketplaces na internet.

Apesar de ser uma compra acessível, a instalação do equipamento só deve ser realizada por um profissional capacitado. A colocação incorreta do aparelho é capaz de acarretar muitos problemas e prejuízos, como o mau funcionamento do ar-condicionado, a perda da garantia, o alto consumo de energia e até a redução da vida útil do aparelho.

Veja também – Qual a Função do Filtro de Ar-Condicionado?

O risco de acidentes com curtos-circuitos e sobrecarga também aumentam consideravelmente com a instalação incorreta, além do perigo de incidentes mais graves. Portanto, a escolha do suporte para ar-condicionado deve ser feita com muita responsabilidade. O material e o modelo adequados podem evitar danos ao equipamento e às pessoas.

Agora que você já sabe a importância de se pensar no suporte de ar-condicionado, fica mais fácil escolher, não é mesmo? Mesmo com tantos materiais disponíveis, busque por aquele que dará mais segurança a você e sua família, não avaliando somente o preço, pois o que parece mais barato nem sempre é o melhor — o que pode se tornar algo muito caro no final.

FONTE: https://blog.adias.com.br/

Pin It

Leave a Comment